Irvar

Irvar, o deus da morte, tem pele clara e cabelos escuros e curtos. Suas descrições geralmente são de um homem de olhos de cor verde musgo. Também aparece como sendo alto e esguio, transmitindo serenidade. Normalmente usa uma longa túnica branca com detalhes negros que lembras asas de corvos.
Ele também é associado com as perdas da guerra. É normalmente cultuado por sacerdotes e seu nome é frequente em ritos funerários. Seus raros seguidores podem ser diferenciados por serem muito calados. Há santuários para ele nos prados e em ermos abandonados, embora existam altares em cada cemitério dedicados a ele. É o filho de Areado.
Seus sacerdotes seguem rigorosamente alguns pensamentos como:
• Todo fim é o começo de algo novo.
• A guerra traz destruição; é meu dever me manter longe dela.
• Se não for capaz de devolver uma vida, não seja ávido para destruí-la.

Irvar

Goldstein VictorSuzumura